Product ID: 81
Product SKU: 81
New In stock />
1 sessão de Radiofrequencia Power Shape

1 sessão de Radiofrequencia Power Shape

Referência: A validação do seu tratamento ocorrerá após avaliação.
aguarde, carregando preço...
 
Que tal fazer uma Radiofrequencia? É um método que utiliza um aquecimento na pele para estimular o colágeno e aumentar o metabolismo celular. As indicações mais frequentes são: melhora da flacidez facial e corporal da pele, redução de rugas e celulite. Comece agora seu tratamento!

O que é a radiofrequência?

É um método que utiliza um aquecimento na pele para estimular o colágeno e aumentar o metabolismo celular. As indicações mais frequentes são: melhora da flacidez facial e corporal da pele, redução de rugas e celulite..

Como é feita a radiofrequência?

Inicialmente a pele deve ser higienizada com água e sabonete ou óleo de limpeza. Em seguida será aplicada vaselina na área a ser tratada caso seja parte do corpo ou gel de condução quando a área de tratamento for facial. Através dos aplicadores posicionados na pele, são realizados disparos de radiofrequência no local tratado. Após se retira o material aplicado e termina a sessão.

A técnica não é invasiva e causa efeitos apenas na área de tratamento. O objetivo de cada sessão é elevar a temperatura da pele e do tecido subcutâneo até 39°C a 42°C e mantê-la por um período de 14 minutos. Após o tratamento é retirado o gel ou a vaselina da pele.

O transdutor (ponteira) deve ser movimentado o tempo todo a fim de distribuir bem o calor por toda a pele. Durante o tratamento é medida a temperatura da pele diversas vezes para garantir que ela chegue a 40-42 graus Celsius e não ultrapasse esse nível de temperatura. A radiofrequência pode ser realizada em todas as regiões do corpo e face, exceto região da tireoide.

Indicações da radiofrequência

Melhora da flacidez da pele

Redução de rugas

Redução da celulite

Tratamento de cicatriz de acne

Estrias

Contraindicações

Uso de marca-passo, desfibrilador, ou qualquer implante eletrônico

Coagulopatias, sangramento excessivo ou hematomas, histórico de trombose profunda e uso de medicamentos como anticoagulantes e corticoides de modo contínuo e uso de isotretinoína nos últimos seis meses também impedem o método.

Pessoas com tumores malignos ativos ou recentes.

Doenças da tireoide descontrolada

Qualquer histórico de doenças estimuladas pelo calor, como a herpes, no local a ser tratado.

Diabetes.

HIV

Mulheres que usam o método anticoncepcional DIU são contraindicadas à técnica para a região abdominal.

 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.